Share |

A “Cultura, aqui e agora” e “Uma mente musical” preparam o I Festival Variações

Em momentos diferentes, os dois últimos PreVari(c)ações reuniram artistas e agentes culturais para discutir as questões da cultura e da produção artística ao nível local e no momento presente e deram palco a um projeto áudio emergente.

Os encontros PreVari(c)ações visam promover o debate na senda do que a organização do I Festival Variações Cultura Emergente entende ser os propósitos da iniciativa: criar sinergias, estabelecer pontes e dar visibilidade ao que se produz em Braga em termos culturais e artísticos.

Os participantes no debate foram Eugénia Brito, escritora, Helena Carneiro, atriz, Ricardo Cerqueira, músico, Ricardo Caldas, da direção da TOCA – Trabalho de uma Oficina Cultural e Associativa e Sofia Saldanha, radialista e realizadora, e teve a moderação de Maria do Sameiro Mendes, da Comissão Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda de Braga. 

A peça áudio “Uma mente musical”, do coletivo In The Dark, tem a curadoria de Sofia Saldanha e de Nina Garthwaite e desafiou os espectadores a ouvir histórias através de sons e de música, num desafio original e “fora da caixa”.

Este sábado, na Avenida Central, decorre o I Festival Variações Cultura Emergente. Conta com oito formações musicais de Braga e do distrito, cumprindo o desígnio, definido pela organização, a Comissão Coordenadora Distrital do BE, de dar palco aos artistas da região.