Share |

BE Braga questiona: O que fazia Ricardo Rio em Lomar?

 

A Coordenadora Concelhia de Braga do BE considera que é de toda a pertinência que seja clarificada a presença, em simultâneo, numa iniciativa pública, na freguesia de Lomar, cuja Junta foi eleita pela Coligação Juntos Por Braga, de membros da referida Coligação, liderados pelo vereador Ricardo Rio, e do diretor distrital da Segurança Social, Rui Barreira.
 
Isto porque, a fazer fé no que foi publicado na imprensa, na opinião do Bloco de Esquerda, não resulta claro se a reunião dos presidentes da Junta e do Centro Social foi com o diretor da Segurança Social, no exercício do seu papel institucional, e então vale a pena perguntar o que faziam ali os líderes políticos do PSD e CDS bracarenses. Ou se se tratou de um encontro entre os presidentes da Junta e do Centro Social com os membros da Coligação Juntos por Braga, e então teremos de questionar a presença institucional do diretor da Segurança Social.
 
O BE de Braga nada tem contra, bem pelo contrário, a realização de reuniões e encontros, sejam eles de caráter político-partidário ou institucional, entre vários protagonistas para abordagem de assuntos de relevante interesse, como é o caso da criação de um centro de dia na Freguesia de Lomar. Entendemos, no entanto, que a dimensão institucional e de representação do Estado, não deve ser confundida com a dimensão partidária, como terá acontecido nesta iniciativa, onde Ricardo Rio parece ter aproveitado a boleia para fazer campanha eleitoral.
 
Para o BE são iniciativas como esta, onde a promiscuidade leva à indefinição do que é partidário e do que é institucional, que contribuem para desprestigiar os partidos, as instituições e a democracia, exigindo-se, por isso, uma postura mais transparente da parte de todos os protagonistas.
 
Braga 05/11/12
 
A Coodenadora Concelhia de Braga do BE